Bolsonaro e o fuzilamento da direita

No Brasil de hoje, como se sabe, ninguém é de direita. Ou melhor: a direita existe, mas é uma espécie de sujeito oculto, que só aparece para justificar os heroicos discursos da esquerda – eterna vítima dela. Lula governou oito anos, promoveu seus companheiros aos mais altos cargos e salários estatais, fez sua sucessora, e a esquerda continua oprimida pela elite burguesa. É de dar pena. Nessa doce ditadura dos coitados, é preciso cuidado com o que se fala. Os coitados são muito suscetíveis. Foi assim que o deputado federal Jair Bolsonaro foi parar no paredão.

Capitão do Exército, Bolsonaro é filiado ao Partido Progressista, mas é uma espécie de reacionário assumido. Defende abertamente as bandeiras da direita – que, como dito acima, não existem mais. Portanto, Bolsonaro não existe. Mas fala – e esse é seu grande crime. Depois da polêmica entrevista do deputado ao CQC, da TV Bandeirantes, o líder do programa, Marcelo Tas, recebeu e-mails de telespectadores revoltados. Parte deles protestava contra o próprio Tas, por ter dado voz a Jair Bolsonaro. Na Constituição dos politicamente corretos – assim como nas militares –, liberdade de expressão tem limite.

A grande barbaridade dita por Bolsonaro no CQC, em resposta à cantora Preta Gil, foi que um filho seu não se casaria com uma negra, por não ser promíscuo. Uma declaração tão absurda que o próprio Marcelo Tas cogitou, em seguida, que o deputado não tivesse entendido a pergunta. Foi exatamente o que Bolsonaro afirmou no dia seguinte. Estava falando sobre homossexualismo, e não percebeu que a questão era sobre racismo: “A resposta não bate com a pergunta”, disse o deputado.

Se Jair Bolsonaro é ou não é racista, não é essa polêmica que vai esclarecer. No CQC, pelo menos, ele não disparou deliberadamente contra os negros. Estava falando de promiscuidade, porque seu alvo era o homossexualismo. O conceito do deputado sobre os gays é, como a maioria de seus conceitos, reacionário. A pergunta é: por que ele não tem o direito de expressá-lo?

Bolsonaro nem sequer pregou a intolerância aos gays. Disse inclusive que eles são respeitados nas Forças Armadas. O que fez foi relacionar o homossexualismo aos “maus costumes”, dizendo que filhos com “boa educação” não se tornam gays. É um ponto de vista preconceituoso, além de tacanho, mas é o que ele pensa. Seria saudável que os gays, com seu humor crítico e habitualmente ferino, fossem proibidos de fustigar a truculência dos militares?

A entrevista também passou pelo tema das cotas raciais. Jair Bolsonaro declarou o seguinte: “Eu não entraria num avião pilotado por um cotista. Nem aceitaria ser operado por um médico cotista”.

É a resposta de um reacionário, um dinossauro da direita, proscrito pelas modernas ideologias progressistas e abominado por sua lealdade ao regime militar. Mas é uma boa resposta. E agora?

Agora o Brasil bonzinho vai fazer o de sempre: passar ao largo do debate e choramingar contra a direita. Eis um caminho de risco zero. Processar Bolsonaro, o vilão de plantão, é vida fácil para os burocratas do humanismo. No reinado do filho do Brasil, até o nosso Delúbio, com a boca na botija do mensalão, gritou que aquilo era uma conspiração da direita contra o governo popular. O filão é inesgotável.

Cutucar o conservadorismo destrambelhado de Bolsonaro é atração garantida. Mas censurá-lo em seguida não fica bem. Parece até coisa dos antepassados políticos dele. A metralhadora giratória do capitão dispara absurdos, mas não está calibrada para fazer média com as minorias – e isso é raro hoje em dia.

De mais a mais, se manifestantes negros podem tentar barrar um bloco carnavalesco que homenageia Monteiro Lobato, por que um deputado de direita não pode ser contra o orgulho gay e as cotas raciais? Vai ver o preconceito também virou monopólio da esquerda.

Fonte: revista Época, 04/04/2011

RELACIONADOS

Deixe um comentário

15 comments

  1. Em suma Bolsonaro e quem deve ficar calado? Nao estou entendendo por que ele e considerado reacionario. Eu tenho as mesmas ideias dele e nao sou reacionaria. O problema e que a cupula do poder, ora comandada por vermelhos, ai sim reacionarios, vingativos, raivosos e avidos de fortuna facil, se arvorou no direito de derrubar, massacrar (como dizem alguns), minimizar, destruir qualquer voz que se levante contra o que eles consideram sua bandeira, o voto dos gays, prostitutas, pedofilos e afins.

  2. esta polêmica é muito parecida com aquela que se instaurou quando o luis carlos prates disparou suas diatribes contra “motoristas que nunca leram um livro”. pessoas esquecem que é um estado de direita, e que mesmo as opiniões consideradas absurdas devem poder ser emitidas.

  3. Diego

    Boa resposta, a dos cotistas? Se cotas são essencialmente para negros, vc não relaciona a frase a racismo? Ninguém tá discutindo o pensamento reacionário dele, que é legítimo. Só quem não quer não enxerga que a indignação é com o preconceito destilado. E que resposta boa é essa outra que, ao invés de associar negro a promiscuidade, bota GAY no lugar?? Liberdade de expressão tem limite, sim, desde que enquadrada na lei da civilidade, que neste caso não é subjetiva e sim DEFINIDA em texto.

  4. Diego

    Tereza, se você não é reacionária, seguramente é ignorante. Porque quem põe no mesmo saco pedófilo, prostituta e gay não enxerga um palmo à frente do nariz. Todo grupo de pessoas tem desvios de conduta. O marido que bebe, a mulher que trai, o filho que rouba. Um gay é tão promíscuo quanto um cara que fica com várias meninas numa festa, mas basicamente A GENTE NÃO TEM QUE SE METER NA VIDA DOS OUTROS. Quem disse que VOCÊ é que está certa? Esse é o problema: achar que dá pra impor comportamento.

  5. Diego

    O Brasil inteiro está condenando as declarações desse ogro e tem gente que só enxerga “os vermelhos” impondo as coisas. Natural, já que quem só vê o que quer realmente não enxerga um palmo à frente do nariz. ESSE é que não é o perigo: entregar a condução do ônibus pra um cego. Abram a cabeça e aceitem que somos gente demais, diferente demais, pra alguém tentar impor um padrão. Seria bom começar não fazendo o mal, não roubando, isso é comportamento social. Mas se nem isso existe que dirá o…

  6. Luciano

    O bolsonaro é uma metralhadora. Como fala muito e é radical muita gente se indigna com ele ou não o leva a sério. No entanto, muitas opiniões do deputado são compartilhadas com a maior parte da população. Acompanhei entrevistas do deputado na tv, no UOL também. Deixou claro que não é racista, mas contra cotas raciais. Não contra os gays, mas contra estimulação ao homossexualismo que existe sim, embutida em comportamentos da classe artística em especial.

  7. Diego, cotas são políticas públicas que têm apoiadores e críticos. Ser contra cotas nada tem a ver com racismo, pois não é a etnia da pessoa o foco do questionamento mas sim seu futuro desempenho profissional por carência de formação acadêmica adequada. Questão controversa, mas nada a ver com racismo. Bolsonaro é abertamente homofóbico, mas racista não vi onde. Esse episódio com essa figura lamentável demonstra apenas como o Brasil ainda é conservador e pouco democrático.

  8. Rodrigo

    Camiseta com a frase: 100% negro = orgulho racial
    Camiseta com a frase: 100% branco = Racismo
    O problema da sociedade de hoje é querer ser politicamente correta.
    Tolerancia, esta é a palavra. As pessoas não precisam gostar de gays, precisam apenas respeitar sua opção. A sociedade, por sua vez, deve respeitar que algumas pessoas não gostem de manifestações públicas homosexuais e se sintam incomodadas. Desde que não haja qualquer tipo, de ambas as partes, de agressão,violência,existe…

  9. MLSevero

    3. Diego o que se critica nas cotas é a entrada em uma faculdade ou em um emprego público por um motivo que não seja o mérito, independente de cor, sexo ou religião, portanto não há racismo nesse caso. A critica não é aos negros e sim às cotas.

  10. MLSevero

    4. Diego, quem está tentando IMPOR um comportamento? Me parece que é você ao xingar outra pessoa apenas porque ela tem uma idéia diferente da sua. Em democracia aceitamos as diferenças de opinião. Você demonstrou uma atitude absolutamente intolerante e incompatível com a prática democrática, afinal quem disse que você é quem está certo? Na verdade, quem garante quem é que está certo em alguma questão? rsss

  11. Felipe

    O Bolsonaro fala menos besteiras que o Lula. Se ele gosta ou não de gay ou de negros, é problema exclusivamente dele e isso não caracteriza racismo, mas apenas um gosto, que foi revelado em resposta a uma pergunta que provocou essa resposta, ou seja, ele simplesmente utilizou a “liberdade de expressão” determinada pela constituição brasileira.
    O grande problema com o Bolsonaro é que ele é uma pessoa autêntica, que expressa livremente o que ele pensa sobre os assuntos relevantes da atualidade.

  12. Moacir

    Cá entre nós! Sr. Guilherme Fiuza o senhor com essa baita coluna para escrever tanta asneiras, ora, é de fazer dó, um sujeito que é contra o orgulho gay e contra cotas raciais só pode ser muito confuso, isso não tem nada haver com o ex-presidente Lula cara;
    Nunca vi um jornalista ter peito para entrevistar o ex-presidente Lula e falar na cara dele q ele só fala asneira, na presenca dele os blogueiros rasgam ceda, mas longe dele os caras só falam mal e fazem futricas em torno da sua pessoa dele.

  13. Luciano

    O ultimo crucificado famoso por causa de homofobia foi o ganhador do BBB Marcelo Dourado. Ele foi categorico quando em rede nacional, em pleno Domingo do Faustão, ao ser pressionado a se submeter ao politicamente correto deu a resposta “na lata”: Se me chamarem de homofóbico então vou chamar de heterofóbico! Terminou ali a polêmica!

  14. Marcelo

    Quem tenta se expressar livremente, dizendo o que pensa, se aprova ou não certos comportamentos; normalmente é chamado de ignorante, deslocado da realidade, racista, nazista, direitista, e um monte de istas depois ainda finalizam com direto: intolerante.
    É… de pensar.

  15. Andre

    Alguem tem que fazer camisetas pró Bolsonaro e começar a vender na net, eu quero uma !
    BOLSONARO PARA PRESIDENTE DO BRASIL !!!