Uma disputa comercial entre a China e a União Européia está virando uma briga feia.As armas são as taxas anti-dumping – um instrumento previsto em detalhe pela OMC- que visam a combater a prática chamada de dumping que consiste em preços artificialmente baixos usados por companhias para invadir terceiros mercados.

A União Européia concluiu que os preços dos painéis chineses são deslealmente baixos,isto é, caracterizam dumping. No domingo passado, o primeiro ministro chinês Li Keqiang pediu com muita ênfase, em entrevista conjunta com a chefe do governo alemão, Angela Merkel, em Berlim, o fim da disputa comercial entre a Europa e China sobre painéis solares e equipamentos sem fio. A Alemanha tomou o partido da China quando Merkel afirmou “faria o possível para que não exista taxação permanente à importação”, revelando assim que não desejava ver seu importantíssimo comércio com a China ameaçado pela querela dos painéis solares.

Em novo capítulo da novela, a China acaba de anunciar a imposição de taxas anti-dumping contra as importações de vinho provenientes da França e outros países mediterrâneos. Foram assim visados aqueles que ,ao contrário da Alemanha, favorecem a punição aos produtos chineses.

Não creio que haja ainda um cenário de guerra comercial mas, sem dúvida, estamos no início de uma batalha em que estão em jogo centenas de bilhões de dólares de comércio entre a China e a União Européia.

Fonte: Blog do Lampreia

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment