Adriano Pires
É professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e diretor fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE). Publica artigos sobre energia elétrica, petróleo e gás natural no jornal “Valor Econômico” e nas revistas “Conjuntura Econômica”, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e “Brasil Energia”. Foi assessor do diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e superintendente da ANP nas áreas de importação, exportação e abastecimento. Pires é economista e mestre em planejamento estratégico pela UFRJ e doutor em economia industrial pela Universidade Paris XIII (França).

Enfrentando as causas da corrupção

O Brasil precisa ter coragem de discutir a privatização da Petrobrás, da Eletrobrás e de outras estatais A gestão de Pedro Parente no comando da Petrobrás e de Wils...

Chance ao biocombustível

Brasil deve contar com participação maior dos renováveis Lançado pelo Ministério de Minas e Energia no fim de 2016, o RenovaBio tem como principal premissa auxiliar,...

A síndrome da espiral

Durante anos os formuladores de política para o setor de energia no Brasil foram acometidos da chamada síndrome da espiral. Essa síndrome acontece quando as pessoas t...

O etanol continua esquecido

Dois ícones do setor de energia foram dizimados pelo PT: a Petrobrás e o etanol. A Petrobrás vem numa trajetória de aparente recuperação. Tem um plano de desinvesti...

Mais economia e menos fantasia

O setor de energia foi submetido, durante os anos do PT, a uma política pública fantasiosa, em que as regras de mercado foram deixadas de lado e a tentativa de revogar ...

Riscos regulatórios

Hoje o setor de petróleo no Brasil conta com dois novos sistemas (partilha e cessão onerosa), que convivem com o regime de concessões. A mera existência de regimes re...

A hora é da modernidade

O setor energético foi o mais penalizado pelas barbeiragens do governo do PT, sobretudo nos dois mandatos da presidente Dilma. Apontada como uma conhecedora profunda do ...

Pedaladas elétricas

As mudanças aleatórias e constantes na legislação que afeta o setor elétrico a partir da Medida Provisória (MP) 579 não só estão causando a judicialização de p...