Antonio P. Mendonca
Professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP) e colunista de seguros e previdência do jornal “O Estado de S. Paulo”, Antonio P. Mendonça é formado em direito pela USP. Mendonça é especialista em direito empresarial e publicou o livro “Temas de seguro” (Roncarati, 2009). O advogado é primeiro-secretário da Academia Paulista de Letras (APL) e presidente do Grupo Nacional de Trabalho, Ética e Seguro da Associação Internacional de Direito do Seguro (AIDA). Mendonça fez especialização e estágio profissional na Alemanha e especialização em seguros pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP).

Retomada da economia

Antonio P. Mendonça: "O Brasil é um país extraordinariamente rico e com uma capacidade de geração de riqueza rara em outras nações"

Algumas considerações sobre o seguro

A genialidade da operação de seguro, que faz com que, há mais de 4 mil anos, seja a mais eficiente forma de proteção social desenvolvida pelo homem é a simplicidade...

DPVAT: uma medida sem sentido

Não existe almoço de graça. Se o DPVAT, o seguro obrigatório de veículos automotores terrestres teve uma redução no preço da ordem de 39%, quer dizer que alguém ...

A derrota do Estado brasileiro

A violência e o aumento da criminalidade no Brasil são consequências diretas da derrota do Estado. O Governo, em seus três níveis, falhou vergonhosamente, por incomp...

Um risco concreto

Há alguns anos eu participei como advogado do projeto para a construção de uma indústria que fabricaria um único produto para uma única empresa compradora. O projet...

Precisa, mas não tem

De acordo com a Revista “The Economist” de 13 a 19 de junho de 2015, dos pouco mais de US$ 100 bilhões de perdas econômicas globais em 2014, quase a metade ...

A Susep no rumo certo

Com a despolitização e a entrega da superintendência a um profissional com mais de 30 anos de atuação no setor de seguros, a Susep (Superintendência de Seguros Priv...

Uma conquista importante

O Senado Federal aprovou a inclusão dos corretores de seguros no Supersimples. A medida é de fundamental importância para o desenvolvimento da categoria. A imensa maio...

Um pouco de seguro de automóvel

Seguros de veículos podem Indenizar danos decorrentes de queda em buracos de rua; as regras, nesse caso, são as mesmas aplicadas às colisões São Paulo está esburaca...

O sinal está ficando amarelo?

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), organização voltada ao estudo do sistema privado de saúde brasileiro, 2012 foi...

Lições de uma tragédia

Olhar com objetividade os fatos do desabamento dos prédios no Rio de Janeiro é a melhor forma de entender o que ocorreu e evitar outros acidente semelhantes A queda de ...

Um prêmio importante

Confederação Nacional das Empresas de Seguro escolhe as melhores iniciativas na atividade durante 2011 para incentivar a inovação que é vital para o segmento Acontec...

Falta transparência

Operadoras de planos de saúde privados devem deixar o ‘juridiquês’ e o ‘segurês’ de lado e melhorar a forma de comunicação para facilitar o entendimento dos ...

O Supremo põe ordem na casa

Parte dos acidentes de trânsito tem numa das pontas um motorista que ingeriu álcool. Ainda assim, decisões judiciais mandam seguradoras pagarem indenizações às vít...

O tema é muito sério

Lei dos Planos de Saúde, aprovada em 1998, engessou o sistema de tal forma que hoje é praticamente impossível desatar os seus nós Não é de hoje que médicos e plano...

A intenção de fraudar diminuiu

A conhecida ”lei de Gerson” não vai desaparecer da noite para o dia, mas melhora a renda e torna o brasileiro menos propenso às fraudes por necessidade, apo...

As arapucas continuam se espalhando

Cidadãos desavisados são atraídos às arapucas sob o chamariz do preço muito mais baixo do que os praticados pelas companhias sérias de seguro Faz poucas semanas, es...

Cuidado, cada caso é um caso

Regras da ANS permitem aos consumidores de planos de saúde antigos migrarem para outros mais novos, mas é preciso analisar se isso vale mesmo a pena Recentemente, a Ag...

Números muito ruins

Se as indenizações pagas representassem o total das mortes no trânsito, teríamos praticamente 150 mortes por dia, ou 6,25 mortes por hora A Seguradora Líder do Cons...

Quando o absurdo se torna realidade

A Bolívia acaba de baixar norma que permite a regularização da propriedade de todos os veículos sem documentos, ou seja, que entraram ilegalmente no país A razão de...

Cuidado, é arapuca

Já foram identificadas mais de 100 seguradoras na mais absoluta ilegalidade. Elas prometem preço inferior, mas são correntes da felicidade que um dia vão estourar Pio...

Contratar seguros é assunto sério

Antes de contratar o seguro, é indispensável que o segurado saiba exatamente qual é o objeto que pretende ver protegido e contra que riscos deseja ter a proteção O c...

O nó que não tem espada

Médicos reclamam da remuneração que recebem dos planos de saúde, mas estes alegam não ter como elevar esse pagamento sem aumentar o que cobram do consumidor Os médi...

Menos ruim não é bom

Cada vez que um governo muda as regras no meio do jogo, as empresas são obrigadas a se adaptarem e nem sempre esta adaptação se insere no contexto esperado O Conselho ...

Uma ameaça ao agronegócio

O governo não está pagando a sua parte dos prêmios dos seguros rurais. O risco disso é despertar nas seguradoras o desinteresse pelas apólices à agricultura Ao long...

A maior indenização de todos os tempos

Em função dos danos sofridos pela economia japonesa, a atividade seguradora internacional terá de fazer frente a bilhões de dólares em indenizações de todos os tip...

Riscos declináveis

Empresas alegam que a alta sinistralidade em alguns seguros compromete seus resultados e dificulta a manutenção e renovação de contratos de resseguros Riscos decliná...