Marco Antonio Rocha
Marco Antonio Rocha é bacharel em direito, jornalista especializado em economia e finanças e coordenador do corpo de editorialistas do jornal “O Estado de S. Paulo”. Foi repórter do jornal “Última Hora”, em São Paulo, redator da editora Abril, repórter e redator da revista “Realidade”, editor de economia e finanças da revista “Visão” e colunista do “Jornal da Tarde” e da “Gazeta Mercantil”.

Simpatias em Davos para o azar não crescer

No último artigo escrito para esta página (19/12/2013), sugeri que o maior desafio que a presidente Dilma Rousseff tem pela frente talvez não se resuma em ser reeleita...

Laxismo e austeridade, desafios modernos

O lado positivo do cenário de insegurança, incertezas e turbulências que os negócios vivem – aqui e no exterior – é o estímulo a uma discussão mais sé...

Algaravia nas ruas em busca de proposta

Tudo já foi dito. Tudo que era possível entender para se poder dizer, até agora, já foi dito. Com menor ou maior verve e estilo, conforme o autor. E, no entanto, nada...

Por que esse carro está demorando a pegar

Há muitas explicações para o inexplicável. Parece que é sempre assim. A perplexidade suscita esforços explicativos de muitas origens e em várias direções. Em ger...

Pequena história de um grande equívoco

A Associação Brasileira da Indústria Têxtil protocolou na semana passada um pedido de investigação de salvaguarda para vestuário porque está havendo um “sur...

A economia anda como o fordeco do meu avô

Com que então o Banco Central já acha que o crescimento do PIB em 2012 vai ficar em 2,5% apenas? A previsão anterior era de 3,5%. Seria o caso de dizer, puxa vida, que...

Quem tem medo do doutor Guido Mantega?

No mercado financeiro e redondezas há quem compare o ministro Guido Mantega ao leão da Metro-Goldwyn-Mayer: ruge bastante, mas, vai ver, é apenas filme… A taxa c...

O desbarrancamento da autoridade pública

Presenciamos, na semana passada, mais uma vez, as duas enchentes de todos os anos: a trágica, triste, lamentável, acabrunhante e, infelizmente, mortal. E a enchente do ...