Murillo de Aragão
É advogado, jornalista, cientista político, presidente da Arko Advice Análise Política e Pesquisas e sócio da Advocacia Murillo de Aragão. É formado em direito pela Faculdade de Direito do Distrito Federal (CEUB), é mestre em ciência política e doutor em sociologia pela Universidade de Brasília (UnB). É autor dos livros: "Grupos de pressão no Congresso Nacional" (Maltese, 1992) e "Reforma política - O debate inadiável" (Civilização brasileira, 2014). É articulista dos jornais "O Estado de São Paulo", "O Globo", "O Tempo" e "O Liberal", além do blog do Noblat.

A inevitável política

Sempre vale a pena lembrar Platão: “A punição que os bons sofrem quando se recusam a agir é viver sob o governo dos maus”

Onisciência

Murillo de Aragão: "A nossa sociedade relaciona-se de forma interesseira com o governo"

Leviatã

Murillo de Aragão: "Poucos no mundo político enfrentam o Leviatã e muitos na sociedade não se dão conta do perverso domínio a que somos submetidos"

Belezas emprestadas

Logo no início de seus Ensaios, Montaigne alerta que, “se fosse para buscar os favores do mundo, teria me enfeitado de belezas emprestadas”. Com isso ele quis dizer ...

Luz, mais luz

"Existem responsabilidades compartilhadas e o setor público deve ser mais transparente"

Ao pacato cidadão

Murillo de Aragão: "Em sendo uma sociedade pré-moderna, nossa capacidade de reflexividade é muito baixa"

Pós-verdade, factoides e eleições

Urgem medidas para reduzir o efeito negativo das notícias falsas no pleito de 2018 A disseminação de notícias falsas com fins políticos não é um fenômeno novo. A ...

O Neopeleguismo

Murillo de Aragão: "Confederações empresariais atravessaram a maior crise do País em triste omissão"

Novas regras, novo jogo

"As eleições de 2018 deverão ser as mais econômicas em décadas, porém, também as mais vulneráveis à influência do crime organizado"

O amanhecer da democracia

Existe em todo o mundo um grande mal-estar com a democracia. Seu fracasso é proclamado todos os dias. Eventos como o Brexit, no Reino Unido, e a ascensão de Donald Trum...

Agonia do PT

A tímida comemoração dos 36 anos do PT reflete a maior crise pela qual passa a legenda. Além de sua imagem ter sido seriamente atingida com o escândalo do petróleo,...

Tempos de incerteza

As grandes tragédias da humanidade se movem em torno de um eixo com quatro elementos: os fatos, as incertezas, o acaso e a incompetência. É evidente a associação del...

O recado das ruas

As manifestações estão de volta. Hoje, haverá manifestação contra o governo em várias cidades. Será a terceira do ano. A expectativa é de que a adesão seja simi...