Raul Velloso
Raul Velloso é consultor econômico e ex-secretário de Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento. Tem especialização em análise macroeconômica e finanças públicas. É Ph.D em economia pela Universidade de Yale, nos EUA. Foi membro do Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), membro do Conselho de Administração da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) e membro do Conselho Técnico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Basta cumprir a Constituição

"Para fechar o caixa no curto prazo sem ficar mendigando recursos à União, entes subnacionais precisam constituir fundos de investimento acoplados aos de pensão"

Por um teto setorial

Velloso: "Sem medidas complementares, a PEC do Teto acabará contribuindo quase nada para clarear as coisas".

Ao redor do abismo

Na situação desesperadora em que se encontrava o estado do Rio de Janeiro, qualquer acordo seria melhor do que nenhum É chocante como a situação fiscal dos estados (...

Hora de cuidar dos empregos

A derrocada do investimento está na raiz da maior recessão de nossa história, e seu equacionamento tem muito a ver com o que conseguirmos fazer em matéria de ajuste f...

Algo mais na agenda econômica

Temer deveria ter conclamado a ajuda dos governadores, aliados naturais na difícil tarefa de equacionar os gigantescos déficits previdenciários de todos os regimes Mui...

Para evitar o pior

Segundo economista, a divulgação dos 3,6% negativos do PIB trouxe à tona os difíceis ajustes

A Dutra não aguenta mais esperar

"Há no Brasil a visão equivocada de que as concessões são instrumentos de captura das agências reguladoras pelo ente privado, a fim de terem lucros exorbitantes"

Ao Rio, os leões

Acossado por um déficit orçamentário inédito, e com apoio apenas simbólico do governo Temer, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, numa ousada opera...

Securitizar do jeito certo

Não faz muito tempo que, para surpresa geral, tínhamos zerado a dívida externa pública (líquida de reservas em divisas), obtido uma boa classificação de risco das ...

A marcha pelo Rio

No epicentro da crise econômica atual está a ameaça de explosão da dívida pública, num quadro de recessão aguda, gasto resistente à queda, e arrecadação em qued...

O bom exemplo do Ceará

Depois de anos em que a União gerava polpudos excedentes de caixa para pagar parte do serviço da sua dívida, essa política foi abandonada pelo atual governo e nos lev...

À espera de um milagre

O gasto público corrente tomou conta do Produto Interno Bruto (PIB). Enquanto se discutem novas medidas para aumentar a arrecadação, perde-se a noção de que a caract...