Ubiratan Iorio
É bacharel em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre e doutor em economia pela Escola de Pós-Graduação em Economia (EPGE) da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ). É professor adjunto do departamento de análise econômica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Leciona também em cursos de MBA da FGV-RJ e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Trabalhou na faculdade de economia e finanças do Ibmec e na faculdade de ciências econômicas da UERJ. Foi economista do Banco Central do Brasil e do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV-RJ. É autor de “Economia e liberdade: a Escola Austríaca e a economia brasileira” (Forense Universitária, 1997), “Uma análise econômica do problema do cheque sem fundos no Brasil” (Ibmec, 1985) e “Macroeconomia e política monetária” (Ibmec, 1984).

2017: Esperar o quê?

Economistas austríacos nunca foram dados a exercícios de futurologia, pois acreditamos que a metodologia adequada para a ciência econômica não se presta a tal. No en...

Que ministro sinistro!

O novo Ministro da Saúde – típico produto, como tantos outros, dessa reforma ministerial flagrantemente acomodatícia e com vistas exclusivamente a simular cortes...

O absurdo dos absurdos

“O bem que o Estado pode fazer é limitado; o mal, infinito. O que ele nos pode dar é sempre menos do que nos pode tirar.” (Roberto Campos) Imagine que um médico fa...