Terça-feira, 6 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

41% não sabem definir sua orientação política

Direita ou esquerda? Nenhum dos dois. Um levantamento nacional divulgado hoje (17/06) pela agência Hello Research, especializada em pesquisa de mercado, mostra que o brasileiro não sabe definir sua orientação política. Quatro em cada dez pessoas dizem não possuir uma posição ideologia — sobretudo na faixa etária entre 45 e 59 anos. Entre os que se posicionam, 30% se consideram como de centro.

Segundo a pesquisa, que ouviu mil pessoas de 70 cidades de todas as regiões do país, os que se categorizam como direita ou esquerda estão empatados com 9%. Pessoas de centro-direita correspondem à 4%, enquando os que se dizem de centro-esquerda são 3%. Os de “extrema esquerda” e “extrema direita” são 2% cada.

A agência também identificou “desencantamento” em relação aos políticos. Quase sete em cada dez brasileiros dizem que não têm um favorito. No total, 67% escolheram a opção “nenhum” ao serem questionados sobre o político preferido. O número é ainda mais acentuado entre jovens de 16 a 24 anos.

Entre os políticos citados, a presidente Dilma Rousseff é a favorita, com 7% da preferência. Seu antecessor, Luís Inácio Lula da Silva, aparece em seguida, com 6%. A ex-senadora Marina Silva é a terceira, com 5%. Aécio Neves, que ficou em segundo lugar nas últimas eleições, é o quarto, com 2%.

Quando se trata de partidos políticos, a tendência é a mesma. Ao todo, 64% dos entrevistados responderam que não têm simpatia por nenhuma sigla. O PT é o que possui mais simpatizantes, com 14%. O segundo é o PMDB, com 4%, e o PSDB é o terceiro, com 3%. O PSB também tem 3%.

Fonte: Época.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.