5 conselhos para as mulheres empreendedoras

empreendedora

O destino teve um papel importante nas histórias das empreendedoras Manuella Curti e Fabiana Franceschi. Manuella se viu com uma empresa para administrar após a morte do pai e do irmão, que tocavam o negócio da família, a Filtros Europa. Fabiana produzia artesanatos de fibra de vidro quando um empresário pediu que ela fizesse ossos sintéticos com o mesmo material. Assim, ela fundou a Nacional Ossos.

As duas falaram sobre suas trajetórias na terça-feira (1/9), durante o Fórum Empreendedoras. O evento faz parte do Women Vendor Exhibition and Forum, uma iniciativa que nasceu da parceria entre a  Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e o International Trade Centre (ITC) com o objetivo de empoderar mulheres por meio do incentivo às exportações.

Veja a seguir alguns dos conselhos dados pelas empreendedoras durante o Women Vendor Exhibition and Forum, que ocorre até quinta-feira (3/9), em São Paulo.

1. Escolhas
“Quando você faz uma escolha, vai ter de deixar os outros caminhos de lado”, disse Manuela, enquanto falava sobre ter assumido a empresa da família. “É preciso ter consciência de que não dá para fazer tudo, não dá para ser tudo”, afirmou a empreendedora. “Eu tento ficar feliz e me realizar com aquilo que eu escolhi. Ajuda muito saber que as escolhas não são para sempre. Se não der certo, você tenta de outro jeito.”

2. Tentativa e erro
Manuela conta que, quando assumiu a Filtros Europa, muitas pessoas perguntavam se ela tinha o sonho de ser empreendedora. “Bem, não sei se eu tinha esse sonho, mas era o que eu tinha à minha frente naquela hora. Você nunca vai saber se consegue ser uma boa empreendedora, uma boa líder, se não tentar.”

3. Profissional x Pessoal
“O que funciona para mim é estar inteira naquele momento”, disse Fabiana, quando questionada sobre como administrava seu tempo entre a empresa e família. “Então, se eu estou com os meus filhos, eu estou inteira ali, totalmente focada neles”. A empreendedora acredita que é difícil dividir a vida e as prioridades. “Mas acho que o mais importante é criar um tempo de qualidade. É estar totalmente focada nos filhos quando se está com eles.”

4. Negócios em família
Fabiana e o marido, Paulo Cesar Filho, são sócios na Nacional Ossos. A empreendedora diz que o ingrediente mais importante para administrar um negócio em família é o respeito. “Temos alguns mediadores entre nós que nos ajudam a tomar decisões quando acontece algum impasse. A gente tenta chegar a acordos de maneira muito racional e a respeitar muito a opinião do outro.”

5. Estilo de vida
Para a presidente da Filtros Europa, o estilo de vida empreendedor costuma deixar de lado hábitos essenciais para qualquer pessoa. “Dormir bem é tão importante quanto trabalhar e pagar contas”, afirmou.

A empreendedora acredita que ter uma boa noite de sono e fazer boas refeições contribuem também para o sucesso da empresa. “Meu pai costumava dizer que você é 10% do que fala e 90% daquilo que aparenta. Se você está se sentindo bem, vai parecer bem. Tudo isso mexe com a confiança. E a confiança de um empreendedor tem um poder imenso sobre os negócios.”

Fonte: Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

RELACIONADOS

Deixe um comentário