Antes de assumir, Dilma já tem direito a regalias

Certos hábitos do Estado brasileiro fazem mesmo com que o país esteja entre os que mais gasta com funcionalismo. A presidente eleita Dilma Roussef ainda não assumiu a presidência, mas já pode usufruir das regalias de um presidente, quase dois meses antes da posse e eles incluem cerca de 5o funcionários entre assessores de imprensa, fotógrafo, secretárias e auxiliares próximos.

O governo federal disponibilizou 2,8 milhões de reais para a equipe de transição: 1,2 milhão para gastos com pessoal e 1,6 milhão para despesas de custeio.

A presidente eleita também já vai morar na Granja do Torto, residência oficial do presidente da República: com  piscina, campo de futebol  churrasqueira, cercada por animais como cachorros, avestruzes e pássaros e  uma equipe de administradores, cozinheiros e faxineiros. A legislação também garante seguranças particulares para a presidente eleita, inclusive agentes da Polícia Federal (PF). Dilma tem direito ainda a transporte em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), além de um motorista particular.

Leia Mais:

RELACIONADOS

Deixe um comentário