Após escolas fecharem por tempo indeterminado, mais de 6 mil estão sem aulas no Rio

Quinze unidades no Jacarezinho e no entorno da comunidades suspenderam as atividades por causa da violência

A decisão da Secretaria municipal de Educação do Rio fechar 15 unidades por tempo indeterminado em virtude da violência deixa 6.497 alunos sem aulas nesta terça-feira. As nove escolas, quatro creches e dois Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) são localizadas na Favela do Jacarezinho, na Zona Norte da cidade, e em suas proximidades — Higienópolis, Maria da Graça, Cachambi e Riachuelo.

Além dessas escolas, está sem atendimento, também, uma creche em Costa Barros, ainda na Zona Norte. Segundo a Secretaria de Educação, a unidade atende a 229 alunos crianças.

Higienópolis

3 escolas

Total de alunos: 2013

Maria da Graça

1 escola

Total de alunos: 850

Jacaré/Jacarezinho

3 escolas

4 creches

2 Espaços de Desenvolvimento Infantil

Total de alunos: 2369

Riachuelo

1 escola

Total de alunos: 929

Cachambi

1 escola

Total de alunos: 274

Costa Barros

1 creche

Total de alunos: 229

RECORDE DE ALUNOS SEM AULAS

Nesta segunda-feira, 64 escolas fecharam as portas, deixando 26.975 alunos sem aulas no Rio. O número é um recorde em 2017. Desde o início do ano letivo até hoje, 409 unidades escolas fecharam por conta da violência, prejudicando o aprendizado 145.928 estudantes.

Fonte: “O Globo”

RELACIONADOS

Deixe um comentário