Arrecadação recorde em 2011 atinge R$ 969 bilhões

A arrecadação federal bateu novo recorde e somou R$ 969 bilhões em 2011, um aumento real de 10,1% (valor corrigido com a inflação) em relação ao ano anterior, cuja soma foi de R$ 826 bilhões. De acordo com dados da Receita Federal, a arrecadação (que inclui impostos, contribuições e demais receitas do governo) bateu recorde histórico em quase todos os meses de 2011 e se concentrou principalmente nos primeiros meses do ano, devido ao pagamento de tributos do ano anterior (2010), quando o crescimento da economia estava muito mais forte (7,5%)

Como a perda do ritmo de crescimento econômico nos últimos meses do ano passado, de agosto em diante o aumento da arrecadação caiu para abaixo de 10%. Em dezembro, a arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 96,6 bilhões, com queda real de 2,69% frente a igual mês de 2010 (R$ 99,3 bilhões em valores corrigidos pelo IPCA, a maior arrecadação mensal da história).

No entanto, em termos nominais, a arrecadação cresceu R$ 143 bilhões em 2011, ou seja, sem a correção, pela inflação, dos valores arrecadados no ano passado. Deste modo, esse crescimento foi contabilizado com base no que efetivamente ingressou nos cofres da União.

Fonte: G1, Receita Federal

RELACIONADOS

Deixe um comentário