Artista crítico do regime está em prisão domiciliar na China

A notícia é do blog “Lá Fora”, do site do jornal “O Globo”, mostrando que o cerco às liberdades individuais aumentou na China, depois que o dissidente Liu Xiaobo ganhou o Prêmio Nobel da Paz:

A prisão domiciliar de Ai Weiwei – um dos artistas mais importantes da China – foi destaque nos noticiários do fim de semana deste lado do mundo. Desde sábado, a casa do artista em Pequim está cercada, mas a prisão deve terminar dentro de algumas horas, até a meia-noite (horário da capital chinesa), segundo o próprio Weiwei.
Ele deu entrevistas por telefone e afirmou que foi confinado para impedir sua participação numa manifestação em Xangai contra a demolição de seu estúdio.
– O governo criou uma sociedade desumana – disse ele, que sempre foi um crítico do regime. – O sistema sacrifica a
educação, recursos naturais e os interesses da população para poder tornar algumas poucos pessoas muito ricas. Isso não pode continuar assim por muito tempo – disse o artista, de 53 anos, que ajudou a projetar o estádio Ninho do Pássaro, onde foram realizadas as Olimpíadas de 2008.
Desde que Liu Xiaobo ganhou o Nobel da Paz, o governo chinês apertou o cerco a dissidentes e críticos.

RELACIONADOS

Deixe um comentário