As “motrebs” do Irã

‘Motreb’ é uma daquelas palavras árabes importadas para a linguagem persa que se desviaram do seu significado original. Em árabe, deveria significar alguém que traz alegria, uma cantora, uma artista, mas no Irã a palavra tem um significado depreciativo. Diz respeito a uma “performer” sem escrúpulos nem princípios, alguém que irá desempenhar qualquer papel, para qualquer um, mediante pagamento. Uma artista barata da pior espécie.

Na sexta, 2 de julho, a TV estatal iraniana saiu de sua programação normal para mostrar um apanhado de ‘motrebs’ do Irã com o Supremo Ditador em pessoa. Uma das ‘motreb’ foi mais longe do que suas colegas na tentativa de bajular o Supremo Ditador, responsável pelas mortes de tantos manifestantes inocentes no ano passado, dizendo que mesmo que ela estivesse com uma febre de 39 graus, não perderia esta chance de encontrar cara a cara seu “adorado Líder Supremo”. Ela também acrescentou o quanto estava impressionada com o conhecimento do Supremo Líder sobre cinema iraniano e entretenimento na TV. O verdadeiro nome desta ‘motreb’ é Sakineh Kaboodar Ahangi mas seu nome artístico virou Parvaneh Massoumi. Abaixo, eis a foto de Parvaneh Massoumi antes da revolução de 1979 (à direita) e como ela convenientemente mudou seu visual depois da revolução!

(Publicado no blog de Potkin Azarmehr)

RELACIONADOS

Deixe um comentário