Brasil é o 5º país com empreendedores “mais determinados”

Começar um novo negócio exige, muitas vezes, mais resiliência e determinação do que apenas recursos financeiros. Segundo levantamento realizado pela Small Business Administration, agência de fomento a pequenos negócios do governo dos Estados Unidos, apenas metade dos novos negócios criados em 2013 irá sobreviver até 2018. Para aqueles que planejam empreender, os planos de ficar rico podem ser rapidamente destruídos pela realidade e obstáculos árduos que vão surgindo desde o momento em que você decide registrar seu negócio.

Estudo elaborado pela startup Expert Market, baseada no Texas (EUA), e publicado na Fast Company, buscou descobrir quais são os países com empreendedores “mais determinados”. Ou seja, aqueles nos quais, a despeito de todas as dificuldades enfrentadas para empreender, apresentaram um alto número de negócios criados em 2016. O ranking coloca o Brasil em 5º lugar, em um ranking liderado por Botsuana.

O ranking
Para elaborá-lo, a Expert Market partiu de um levantamento do Banco Mundial com 130 países que define qual a dificuldade em cada um deles para empreender. Foram analisados três fatores: o tempo até registrar oficialmente um novo negócio; o tempo até tomar todos os procedimentos necessários para o negócio, de fato, estar funcionando; e os custos básicos envolvidos.

A partir desses resultados do Banco Mundial, a startup Expert Market uniu as informações de número de negócios criados em cada país em 2016. A análise respeitou a proporcionalidade de fatores como: a população de cada país ou pessoas em idade economicamente ativa. O resultado não só mostra como as dificuldades são enormes em cada país, como também revela as regiões onde há empreendedores “mais determinados” — que resolveram empreender a despeito de tudo.

Botsuana aparece em primeiro lugar, principalmente pelos seus empreendedores precisarem enfrentar 45 dias, em média, para abrir um novo negócio. A média global é de 8,3 dias.

Depois aparecem Malta, Timor Leste e Gabão. O Brasil vem logo depois, figurando em 5º lugar. Em uma escala de 1 (mais fácil abrir um negócio) até 130 (mais difícil), o Brasil ganha pontuação 125. Ao mesmo tempo, na escala que mede a abertura de negócios e que varia de 1 (maior número de negócios criados) até 130 (mínimo de negócios criados), o Brasil ganha pontuação 48. Isso demonstra os dois lados da moeda: a dificuldade em abrir um negócio comparada ao alto número de negócios criados — e, definindo, assim, que o país tem um grande número de empreendedores dispostos a empreender.

Abaixo, confira os 15 primeiros países listados no ranking dos “empreendedores mais determinados”:

Os países com empreendedores mais determinados
Posição País
1 Botsuana
2 Malta
3 Timor-Leste
4 Gabão
5 Brasil
6 Belize
7 Antígua e Barbuda
8 Bulgária
9 Croácia
10 Suriname
11 Vanuatu
12 Estados Unidos
13 África do Sul
14 Uganda
15 Chipre

No mesmo estudo, o Azerbaijão foi listado como o país com “maior número de oportunidades perdidas”, enquanto os Estados Unidos são o país que possui o maior número de “empreendedores ambiciosos” – já que é o 12º com mais dificuldade para empreender, mas o 2º com o maior número de negócios abertos.

Fonte: “Época negócios”.

RELACIONADOS

Deixe um comentário