Brasil perde 32 posições no Índice Global da Inovação

O Brasil foi do 7º para o 39º lugar no Índice Global da Inovação. A queda de 32 posições aconteceu de 2011 para 2012 e foi divulgada pelo Instituto Europeu de Ensino (Inseade) em parceria com a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (Wipo) na última terça-feira, 3 julho.

O principal responsável pela má atuação brasileira foi o indicador de criatividade. O país ficou em 54º lugar nesse quesito. A queda na criação de novos modelos de negócio e de marcas globais são os fatores responsáveis pela avaliação negativa do processo criativo.

O país também perdeu posições no ranking geral, que mede a produção de inovação sem distinguir as diferenças no nível de desenvolvimento econômico dos países. O Índice Global é feito desde 2007, a partir de 82 indicadores de mercado de 142 países.

Confira o ranking global da inovação:

Fonte: Folha de S. Paulo

RELACIONADOS

Deixe um comentário