A Folha de hoje (pg. B9) informa um novo calote do governo equatoriano. Infelizmente, desde que assumiu o governo, o Presidente Rafael Correa não possui o hábito de cumprir contratos. Sua atividades preferidas envolvem reformas que atacam os pilares da democracia (propriedade privada, liberdade de expressão, livre iniciativa) e que introduzem o novo socialismo do século XXI. É uma pena que o governo brasileiro não tenha uma posição firme contra essas atitudes que violam os interesses pátrios.

Deixe um comentário