Carga tributária brasileira cresce em 2014 apesar da crise

A carga tributária sobre o Produto Interno Bruto – PIB continuou o seu ritmo de crescimento, chegando a 35,42% do PIB em 2014, o que resultou num aumento de 0,39 ponto percentual em relação a 2013, quando o índice foi de 35,04% em 2013. A informações são do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT.

De acordo com o presidente do Conselho Superior de coordenador de estudos do IBPT, Gilberto Luiz do Amaral, a carga tributária se elevou em 1,66 ponto percentual no período dos quatro anos do primeiro mandato da Presidente Dilma Rousseff, contra 1,41 ponto percentual registrado nos oito anos de governo do Presidente Lula e 3,75 pontos percentuais dos oito anos da gestão do Presidente Fernando Henrique Cardoso.

“A maior variação registrada nos últimos quatro anos se deve ao crescimento dos tributos estaduais, cuja variação foi de 1,03 ponto percentual. Com relação aos tributos federais, o aumento registrado foi de 0,38 ponto percentual e os municipais 0,24 ponto percentual”, ressaltou o tributarista.

O estudo completo, disponível logo abaixo, traz ainda a série histórica, que demonstra a evolução da carga tributária brasileira registrada desde 1986 até 2014.

Fonte: IBPT.

RELACIONADOS

Deixe um comentário