Segundo pesquisa realizada pelo instituto Datafolha divulgada nesta terça-feira, protestar contra a corrupção foi a principal motivação para quase metade dos que participaram da manifestação realizada no domingo em São Paulo. Dos 210 mil manifestantes que compareceram à avenida Paulista, palco do ato em São Paulo, 82% disseram ter votado em Aécio Neves no segundo turno da eleição presidencial do ano passado.

O segundo motivo para o protesto, segundo a pesquisa, é o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff , mencionado por 27%. Protestar com o PT (20%) e contra os políticos (14%) estão entre as outras razões mais citadas.

A pesquisa revelou também que 37% expressaram simpatia pelo PSDB e 74% participaram pela primeira vez de um protesto. Para 96%, o governo da presidente Dilma Rousseff é péssimo ou ruim. O Congresso Nacional também teve avaliação negativa: 77% consideram péssimo ou ruim.

Para 90% dos entrevistados pelo Datafolha, a presidente tinha conhecimento sobre a corrupção da Petrobras, mas deixou ocorrer.

De acordo com a Polícia Militar, 1 milhão de pessoas compareceram à Avenida Paulista no domingo.

Ato de sexta-feira

O Datafolha também ouviu manifestantes em relação ao ato realizado na sexta-feira, também na Paulista, em defesa da Petrobras, de uma reforma política, da manutenção de direitos trabalhistas e de apoio ao governo Dilma. Dos participantes, 48% estavam em um protesto pela primeira vez. O índice dos que votaram em Dilma Rousseff era de 71%. Entre os motivos para participar da manifestação, o principal foi contra a perda dos direitos trabalhistas (25%). O segundo, por aumento aos professores (20%).

Fonte: O Globo.

Deixe um comentário