Dia da Liberdade de Impostos: campanha atraiu mais de cem motoristas para posto em Botafogo

A 5ª edição do Dia da Liberdade de Impostos, organizada pelo Instituto Millenium, atraiu cerca de 100 motoristas ao posto de gasolina Santa Cecília, em Botafogo, na manhã desta terça-feira, 20 de maio. Com o objetivo de conscientizar a sociedade civil sobre a alta tributação no país e sobre a importância de exigir melhor aplicação dos recursos, o Imil subsidiou a venda de dois mil litros de gasolina para os primeiros cem motoristas que abasteceram no local. Eles compraram o combustível sem os 53% de tributos que incidem sobre o produto.

Além de encher o tanque pagando menos pela gasolina, os consumidores refletiram sobre a quantidade de tributos arrecadados pelo governo. “A carga tributária é abusiva”, desabafou o comerciante Carlos Augusto Figueira da Rocha.

A insatisfação com o excesso de impostos e a falta de investimentos em melhorias dos serviços públicos foram as principais reclamações dos entrevistados. “Não vejo nenhum retorno de todos esses impostos que a gente paga”, criticou a relações públicas Teresinha de Almeida.

A taxista Jenifer da Silva Soares disse que o valor arrecadado com os impostos não reflete nas condições das estradas do país. “A gente que trabalha no trânsito nota que as ruas estão péssimas. Cada buraco é maior do que o outro. Isso acaba com o carro. A gente praticamente trabalha para pagar contas e consertos mecânicos”, afirmou.

O Brasil está entre os 30 países de mais alta carga tributária do mundo, mas muita gente desconhece o quanto paga. No preço final da gasolina, por exemplo, estão inclusos impostos como PIS, Cofins, ICMS e outros.

O Instituto Liberdade fez o mesmo tipo de ação em Porto Alegre. A iniciativa contou com o apoio do Instituto Liberal, Instituto Líderes do Amanhã, Instituto Liberal do Nordeste, Ordem Livre, Instituto de Formação de Líderes de Minas e São Paulo, Instituto Mises e do Instituto de Estudos Empresariais.

RELACIONADOS

Deixe um comentário