Terça-feira, 6 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Impostos em presentes chegam a 78,99%

Os perfumes importados e nacionais são campeões em impostos entre os presentes mais comuns de Dia dos Pais – comemorado no próximo dia 9 de agosto –, com quase 80% de tributos embutidos no preço, mostrou um levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) divulgado nesta quarta-feira (29).

O percentual mais alto é o do perfume importado, com 78,99% de impostos. Já o produto nacional tem 69,13% do seu valor destinado aos cofres públicos.

Segundo o IBPT, no caso dos presentes importados, a incidência do Imposto de Importação faz com que a compra do presente pese ainda mais no bolso.

A segunda categoria mais tributada entre os presentes para os pais são os produtos eletrônicos como aparelhos de MP3, com 49,45%, que ficam mais caros porque têm incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

As peças de vestuário como calça jeans, itens bastante presenteados na data, possuem impostos de 38,53%. A calça de tecido e as camisas, por sua vez, têm 34,67%.

Outros acessórios têm carga tributária aproximada, como gravatas, com 35,48%; sapatos, com 36,17%. Já os relógios pesam mais, com 53,14% de tributos.

Levar o pai para jantar ou almoçar em restaurantes também exige o pagamento de impostos, com 32,31%. A ida ao teatro ou cinema embute automaticamente no ingresso 30,25% de tributos.

Fonte: G1.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.