Dilma admite que juro pode subir, mas em níveis “aceitáveis”

Segundo a presidente, oscilação da Selic continuará ocorrendo, mas agora em níveis mais adequados e próximos aos padrões internacionais

A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira que o país conseguiu reduzir os juros para patamares “aceitáveis”, mas que isso não significa que a taxa básica Selic não vá mais subir.

Segundo a presidente, essa oscilação continuará ocorrendo, mas agora em níveis mais adequados e próximos aos padrões internacionais.

“Nós reduzimos juros brasileiros para patamares aceitáveis. Reduzir os juros para patamares menores não significa que ele não suba e não desça”, disse a presidente durante a abertura do 2º Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, em Brasília.

“Ele (o juro) vai continuar subindo e descendo. Mas ele vai fazer isso num nível mais adequado com os padrões internacionais e, portanto, num nível mais competitivo”, afirmou Dilma.

Na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou a taxa Selic em 0,25 ponto percentual, para 7,50 % ao ano, decisão que tirou a taxa do piso histórico de 7,25 % ao ano. O Banco Central não subia os juros há quase dois anos.

Fonte: Exame.com

RELACIONADOS

Deixe um comentário