Dissidentes cubanos lançam apelo à Dilma

Através de declaração enviada por meio de contatos na Espanha, o dissidente cubano Dagoberto Valdés pediu à nova presidente brasileira que “defenda ao povo cubano as mesmas liberdade que ela defenderia para sua própria população”. Os dissidentes cubanos desejam que a questão dos direitos humanos entre na agenda do governo de Dilma, e que o governo brasileiro modifique a forma com que tem lidado com a ditadura cubana.

Leia mais em:
Dissidentes cubanos lançam apelo à Dilma

RELACIONADOS

Deixe um comentário