Economia brasileira recua 0,31% em novembro, segundo Banco Central

IBC-Br, o chamado “PIB do BC” tem alta acumulada de 2,61% em 12 meses

A economia brasileira recuou 0,31% em novembro, na comparação com outubro, mas avançou 1,94% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), informou a instituição nesta sexta-feira. Em 12 meses, a alta acumulada é de 2,61%.

Analistas consultados pela Reuters esperavam queda mensal de 0,10% em novembro, de acordo com a mediana de 17 projeções, que variaram de queda de 0,30% a alta de 0,50%.

O indicador havia registrado alta de 0,77% em outubro, na comparação com setembro, alcançando a terceira melhor marca de 2013 até então, atrás apenas dos resultados de janeiro (1,62%) e abril (1,39%).

No terceiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos no país) decepcionou, com recuo de 0,5%, pior que as expectativas de analistas.

Chamado informalmente de “PIB do BC”, o IBC-Br foi criado pelo Banco Central para antecipar o desempenho da economia antes da divulgação oficial do IBGE, que ocorre com defasagem.

O índice leva em consideração dados da agropecuária, indústria de transformação, extrativa, da construção civil e produção e distribuição de eletricidade, gás e água, esgoto e limpeza urbana.

Apesar do nome, o indicador não pode ser considerado uma prévia do PIB, já que o número do IBGE é muito mais complexo.

Fonte: O Globo

RELACIONADOS

Deixe um comentário