Especialista do Instituto Millenium debate com jornalistas da “Gazeta do Povo”

O jornal “Gazeta do Povo” sediará a 18ª edição do projeto “Millenium nas redações”, promovido pelo Instituto Millenium. O encontro entre a economista Luciana Yeung e os jornalistas do veículo do Paraná será no dia 10 de junho, às 14h. O tema será: “A eficiência dos poderes Judiciário e Legislativo brasileiros e seu impacto na economia”.

Luciana é professora de economia e coordenadora no Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), desde 2002. Lecionou ainda nos cursos de pós-graduação da faculdade de direito da Fundação Getulio Vargas (FGV-SP) e foi pesquisadora visitante na Escola de Direito da Universidade da Califórnia, em Berkeley (EUA). É graduada em economia pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em economia aplicada e em relações industriais pela Universidade de Wisconsin, em Madison, e doutora em economia pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O projeto “Millenium nas redações” foi criado em 2012 com objetivo de promover encontros e debates entre especialistas da rede do Instituto Millenium e jornalistas de todo Brasil. Os eventos são realizados nas redações de veículos de comunicação e duram cerca de 1h. O tema da palestra e o nome do especialista são decididos em conjunto, mas estão sempre relacionados com valores como democracia, estado de direito, economia de mercado e liberdade.

“O “Millenium nas redações” visa contribuir para a liberdade de expressão, pois quanto mais ampla e mais crítica for a formação do jornalista, melhor será a qualidade da imprensa no Brasil”, explica a diretora executiva do Instituto Millenium Priscila Pereira Pinto.

Encontros do projeto já foram promovidos em veículos de comunicação como “Correio Braziliense”, em Brasília; “Brasil Econômico”, em São Paulo; “Diário do Comércio”, em Belo Horizonte; “O Globo” e CBN, no Rio de Janeiro; e “A Tarde”, na Bahia; dentre outros.

Sobre o Instituto Millenium

O Instituto Millenium (Imil) é um centro de pensamento que trabalha para a promoção e o fortalecimento da democracia, da liberdade, do estado de direito e da economia de mercado. O Imil, criado em 2005, é uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip), que conta com uma rede de especialistas em diversas áreas e promove seminários, palestras, encontros e eventos por todo o país.

RELACIONADOS

Deixe um comentário