Estados Unidos reformará a lei para espiar as redes sociais da internet

Matéria do jornal “El País” alerta para nova tentativa do governo americano de monitorar as redes sociais da internet, como Facebook e Orkut, através de uma mudança na legislação tecnológica. A justificativa é o uso cada vez mais frequente destes meios pelas redes terroristas. O Departamento de Segurança também pretende ter acesso às formas de comunicação codificadas, como as mensagens enviadas através de aparelhos Blackberry, assim como à comunicação peer-to-peer, de troca de arquivos, em programas como o Skype. A matéria também traz um histórico de todas as tentativas anteriores de intervenção nas comunicações. Você acha que a segurança contra o terrorismo justifica a atitude do governo americano, ou a considera um atentado às liberdades individuais?

Confira aqui a matéria do “El País”.

RELACIONADOS

Deixe um comentário