EUA aprova teto de dívida pública

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 1º de agosto,  o novo plano para elevação do teto do da dívida pública do país. A proposta foi aprovada por 269 votos a favor e 161 contra e deve ser encaminhada para votação no Senado, que acontece às 13h (horário de Brasilía).

O mercado financeiro acompanha com expectativa a decisão dos EUA.

O limite de endividamento do governo será aumentado em US$ 2,1 trilhões, em dois estágios: US$ 900 bilhões num primeiro momento, acrescidos posteriormente de mais US$ 1,2 trilhão, o que garantirá que o Tesouro pague suas contas até o início de 2013, após a eleição presidencial do ano que vem, como exigia a Casa Branca. O pacote inclui ainda um corte de gastos de iguais proporções, ao longo da próxima década.

Fonte: IG e O Globo

Leia mais sobre dívida pública no site do Instituto Millenium no artigo de Vitor Wilher “O Estado pode elevar gastos para sempre?” e no video do economista Rodrigo Constantino.

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário