Governo pede que denunciem irregularidades em estatais

corrupção

O governo orientou representantes dos trabalhadores nos conselhos de administração das estatais que relatem “atos irregulares” ou “anormalidades” nas empresas ao Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), ligado ao Ministério do Planejamento, sempre que possível. O porta-voz do pedido foi o diretor do DEST, Murilo Barella. Ele estimulou, ainda, que os conselheiros peçam informações aos executivos das estatais. “Vocês podem demandar e dar prazos para que os diretores respondam”, afirmou numa recente reunião realizada no Rio de Janeiro. Além de diretor do DEST, Barella tem assento no conselho de uma subsidiária da Petrobras.

Fonte: Época

Deixe um comentário