Governo vai criar observatório para crimes contra jornalistas

A Associação Nacional de Jornais (ANJ), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), além da associação que representa comunicadores que atuam em blogs, pressionam o governo a tomar medidas que assegurem o exercício profissional do jornalismo e o combate à impunidade de crimes contra jornalistas. As entidades também pedem a federalização dos crimes contra profissionais da imprensa, em razão do aumento progressivo das ocorrências sem resposta.

Em vista das cobranças, a Secretaria Nacional de Direitos Humanos criará um observatório para acompanhar as investigações de atentados cometidos contra jornalistas. A decisão foi anunciada pela ministra Maria do Rosário, após encontro com representantes do setor na tarde desta quinta-feira.

Leia  a matéria em  O Globo

RELACIONADOS

Deixe um comentário