Iniciativa do Instituto Ling, com apoio do Instituto Millenium, seleciona cinco jovens para bolsas de estudo nos EUA

O Programa de Bolsas de Estudos “Jornalista de Visão” encerrou o ciclo da sua primeira edição com a seleção de cinco jornalistas que receberão bolsas de estudos para patrocinar cursos de Mestrado em Jornalismo e de Liderança Competitiva em universidades nos Estados Unidos. Os nomes dos cinco bolsistas de 2010 serão divulgados no dia 02 de agosto em evento para convidados no hotel Intercontinental, em São Paulo.

O programa recebeu as inscrições de 22 candidatos indicados por diretores de redação, editores e colunistas dos principais veículos de comunicação do Brasil conhecidos pelo histórico de independência, seriedade e bom jornalismo. Com foco em meritocracia, o processo seletivo contou com dinâmicas de grupo e atividades objetivas focadas em Jornalismo durante o primeiro semestre deste ano. Os bolsistas selecionados se caracterizam pelo trabalho de fortalecimento da imprensa no Brasil e a defesa de valores de independência, democracia e liberdade.

Os três primeiros colocados poderão optar por um curso de Mestrado em uma das cinco universidades escolhidas por profissionais da área de imprensa. Entre as opções estão a University of Columbia, em Nova York, Northwestern University, em Chicago, University of Missouri, em Columbia, University of California, em Berkeley, e Emerson College, em Boston.

A primeira colocada, Mariana Sanches, receberá uma bolsa no valor de US$ 55 mil. Formada pela Cásper Líbero, ela atua como repórter da editoria de Brasil e Política da revista “Época”. Diego Escosteguy, repórter da sucursal de Brasília da revista “Veja”, e Carolina Pires, repórter da editoria de Política Nacional da Agência Estado, receberão uma bolsa no valor de US$ 45 mil cada.

O repórter do jornal “Zero Hora”, Cauê Vargas, e Felipe Seligman, jornalista da sucursal de Brasília da “Folha de São Paulo”, receberão uma bolsa de US$ 15 mil (cada um) destinada a patrocinar o Programa de Liderança Global Competitiva da Universidade de Georgetown. Com duração de três meses, o curso é coordenado pela Latin American Board da Universidade e tem como objetivo qualificar líderes a entender as tendências globais que afetam a América Latina e, dessa forma, promover a competitividade, o progresso e a inserção internacional da região.

O Programa de Bolsas de Estudos “Jornalista de Visão” é uma iniciativa inédita voltada aos profissionais da imprensa. Em sua primeira edição, o projeto visa reconhecer o valor dos jornalistas como representantes e multiplicadores de valores como liberdade política e econômica, democracia e ética. Iniciativa do instituto Ling, o projeto conta com patrocínio de Braskem, Escritório de Advocacia Gouvêa Vieira, Instituto Claro, Instituto Mises Brasil, Lojas Renner e Petropar e apoio do Instituto Millenium e Grupo Máquina.

RELACIONADOS

Deixe um comentário