Justiça: Gustavo Binenbojm destaca atuação do prêmio Innovare

Gustavo Binenbojm

“Desenvolvimento e cidadania” e “Justiça e sustentabilidade” são os temas da IX edição do prêmio Innovare. A campanha deste ano foi lançada em 29 de março no plenário do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O objetivo  é valorizar práticas inovadoras realizadas por juízes, defensores públicos e promotores de todo Brasil. As ações que contribuem para a modernização e o aumento da eficiência da Justiça Brasileira são premiadas.

O especialista do Instituto Millenium e professor de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Dr. Gustavo Binenbojm, integra a comissão julgadora do prêmio. Ele falou ao Imil sobre a relevância da iniciativa: “O prêmio Innovare cria uma sistema de incentivos a inovação e a otimização das práticas de todos os operadores do direito no Brasil.”

O prêmio Innovare cria um sistema de incentivos à inovação

O advogado acredita que a iniciativa do Instituto Innovare favorece a formação de “um círculo virtuoso de difusão e troca de informações sobre boas práticas que envolvem a prestação jurisdicional”.

Ao longo de nove edições, o Innovare já premiou 36 iniciativas e recebeu  1.961 inscrições. O Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) criado pelo juiz João Batista Galhardo Júnior, na cidade de São Carlos, em São Paulo, é uma exemplo do sucesso das práticas premiadas pelo Innovare. A meta do NAI é acelerar o processo de ressocialização de jovens infratores. O projeto está presente em 80 cidades e até 2014 será implantado em todas as capitais do país pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos.

Binenbojm afirmou que os premiados representam um exemplo para as futuras gerações de servidores do poder judiciário. “São modelos de investimento de tempo, cultura e expertise na melhoria da justiça do país.”

As inscrições e os critérios de avaliação de projetos estão disponíveis no site do Instituto Innovare . Os interessados terão até o dia 31/05 para enviar suas ações inovadoras.

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário