Liberdade religiosa retrocede no mundo, diz pesquisa

A secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton declarou que enquanto alguns países estão afrouxando a “expressão política”, o mundo está deslizando para trás na liberdade religiosa.

Clinto comentou a publicação dos EUA do “Relatório sobre Liberdade Religiosa Internacional” para 2011, em 30 de julho, ressaltando que é  urgente destacar a liberdade religiosa.

O relatório anual destaca violações contra práticas religiosas e grupos religiosos minoritários, identifica seus autores e documenta os métodos usados para restringir a expressão ou crença religiosa.

A China foi criticada por suas contínuas e pesadas restrições sobre as igrejas cristãs não registradas, uigures muçulmanos, tibetanos muçulmanos, budistas tibetanos e praticantes do Falun Gong.

Pelo segundo ano consecutivo, a China estava numa lista infeliz de oito países, que também inclui a Coreia do Norte, o Irã e a Arábia Saudita, designados como países de preocupação especial (PPE) pelo abuso “crônico” e “sistemático” da liberdade religiosa.

A Coreia do Norte ainda é um país “onde a liberdade religiosa genuína não existe e o Irã, onde a liberdade religiosa deteriorou-se de uma situação que já era horrível”, disse Johnson Cook.

Fonte: The Epoch Times

Mais

Veja o vídeo de lançamento da “Casa da Liberdade”, iniciativa do Instituto Voto com participação do Imil

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. Regina Caldas

    Religiões e governos sempre andaram de mãos dadas para dominar os humanos. Uma questão de Poder. O poder que subjuga a maioria através do medo. E o medo gera a dependência. Sob este prisma, a Liberdade, não só a religiosa, chega a ser utopia.