Líder oposicionista de Mianmar é um exemplo de luta pela liberdade

Considerada por ativistas internacionais um exemplo para os freedom lovers do mundo inteiro, Aung San Suu Kyi, líder da oposição em Mianmar, foi libertada no sábado, 13 de novembro. A líder do partido Liga Nacional pela Democracia (LND) cumpriu sete anos e meio de prisão domiciliar por se opor à Junta Militar que governa o país.

Um dia após sua libertação, a ativista, Nobel da Paz em 1991, falou a uma multidão de seguidores e disse que conversará com nações ocidentais sobre as sanções a Mianmar.

A líder pró-democracia disse que quer trabalhar com todas as forças democráticas, e pediu que o povo não perca a esperança. “A liberdade de expressão é básica dentro da democracia. Democracia é quando o povo exerce o controle sobre o Governo. Eu sempre aceitarei este tipo de controle”, disse Suu Kyi.

Confira aqui um perfil da ativista.

Com informações da BBC, do “O Estado de S. Paulo”, e Freedom Messenger

RELACIONADOS

Deixe um comentário