Lula culpa humor dos empresários por retração do PIB

Durante uma reunião com a presidente Dilma Rousseff, em Belo Horizonte, 30 de maio, Lula associou a queda do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2014 ao “péssimo humor empresarial”. Segundo os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB teve expansão de apenas 0,2% no primeiro trimestre deste ano, sobre o quarto trimestre de 2013, e somou R$ 1,204 trilhão.

O jornalista e escritor Guilherme Fiuza afirma que o uso da estratégia diversionista é comum no governo popular. ”Em meio aos escândalos da Petrobras no seu governo, a presidente Dilma Rousseff declarou que a oposição está tentando destruir a imagem da Petrobras”, lembra.

Segundo Fiuza, a retração do PIB se relaciona diretamente à política econômica adotada pelo governo PT. “Seria ótima notícia se o PIB tivesse caído por causa do mau humor empresarial. Bastaria ao governo popular fazer aos empresários mais alguns agrados tributários casuísticos, que eles voltariam a sorrir. O problema é que o PIB caiu porque o governo do PT desarranjou a economia nacional, com sua conduta populista-perdulária que trouxe de volta a escalada da inflação e obrigou o Banco Central a nova temporada de aumento de juros”, critica.

Antenor Barros Leal, presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), ironizou a fala do ex-presidente. “A declaração não tem propósito. Seria a primeira vez na história que os empresários se puniriam pelo humor”.

Para Antenor, a opinião de Lula é incompatível com a atividade empresarial porque a queda do PIB não é desejável para os empresários. “A única coisa que os empresários não querem é que as suas atividades tenham queda”, garante.

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. Segundo Patch Adans “Rir e o melhor remédio”, vamos começar rindo desta declaração!