Mario Vargas Llosa: “O nacionalismo é a pior construção do homem”

Em entrevista ao “El País”, o escritor Mario Vargas Llosa falou sobre seu último livro “El sueño de Celta”, onde reconstrói a vida do defensor dos direitos humanos Roger Casement. Perguntado sobre se existe um “bom” nacionalismo, respondeu:
“En ciertos pueblos aplastados por colonizadores, que aspiran a liberarse del ocupante, el nacionalismo tiene un valor positivo. Pero lo peligroso es cuando se convierte en una ideología. El nacionalismo significa violencia, prejuicios, distorsión de valores.”

Leia a entrevista na íntegra, em espanhol, aqui.

RELACIONADOS

Deixe um comentário

2 comments

  1. Cristiana Castro

    … Essa é a única parte triste nessa estória toda. Vou morrer e não vou me conformar.

  2. Josemar Santos Pereira Filho

    Realmente, creio que o nacionalismo americano, xenófobo por natureza, é realmente a uma má construção!