Membros de minoria religiosa são presos no Irã

freedom

Mais um atentado à liberdade religiosa no Irã:

O regime teocrático de Ahmadinejad condenou mais 30 Dervishes da ordem Nematollahi a penas de prisão e chicotadas, sob falsos pretextos. Os 30 Dervishes foram condenados a pelo menos um ano de prisão, flagelação, e proibição de frequentar suas cerimônias religiosas.

As vítimas foram acusadas de perturbar a ordem pública, além de “desobediência a agentes do regime”, e “destruição de propriedade do governo”.

Dois anos atrás, o regime iraniano atacou uma cerimônia de Dervishes na cidade de Esfahan e demoliu o templo.

Fonte: Foreign Affairs Commitee of the National Council of Resistance of Iran

RELACIONADOS

Deixe um comentário