Mensalão: Procurador geral da República diz que STF deve condenar todos os réus

Protagonista do primeiro dia do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse na quarta-feira,1, que, para “ser feita a justiça”, o tribunal terá de condenar todos os réus do caso.

“Creio que o Supremo fará justiça. E na visão do Ministério Público, justiça é condenar todos”, afirmou em entrevista ao Estado. Gurgel voltou a afirmar que as provas colhidas durante as investigações são “contundentes” e “falam por si”.

O ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-presidente do PT José Genoino e o publicitário Marcos Valério serão seus principais alvos.

Na acusação, Gurgel ressalta a participação desse “núcleo político” e lembra os principais fatos que comprovariam a existência da compra de votos no Congresso Nacional, estratagema que foi classificado como “o mais atrevido e escandaloso esquema de corrupção e de desvio de dinheiro público flagrado no Brasil”.

Fonte: O Estado de São Paulo

Mais

Leia a opinião dos articulistas do Imil sobre o julgamento:

RELACIONADOS

Deixe um comentário