Metade das pequenas e médias empresas usa o Face

facebook imagem

Três milhões de pequenas e médias empresas brasileiras usam o Facebook para fazer negócios. O número corresponde a metade dos empreendimentos desses portes no país. A informação foi revelada hoje por Patrick Hruby, diretor-geral para micro e pequenas empresas da rede social na América Latina.

O número impressiona, diz Hruby. Por duas razões. A primeira é que o Brasil responde atualmente por quase 8% das 40 milhões de pequenas e médias que usam o Facebook para negócios no mundo. “O país, certamente, é um case para a empresa”, afirma.

A segunda razão está no alcance da rede social nos negócios brasileiros. “Desde o cabeleireiro que usa o Facebook para marcar e desmarcar um corte de cabelo até a empresa de serviço que utiliza o aplicativo de mensagens para entender uma demanda do consumidor”, diz.

Apesar do bom resultado, a empresa vê potencial para aumentar a base de pequenas e médias empresas que usa a rede social. O motivo está no “curtir”: de cada dez usuários, oito curtem a página de um pequeno ou médio negócio. “O número mostra que as pessoas querem saber o que os empreendedores estão fazendo no dia a dia. E as empresas precisam aproveitar essa oportunidade”, afirma.

Hruby não divulga a meta de usuários que deve alcançar, nem quanto o Facebook fatura com os serviços de anúncios digitais vendidos para os empreendedores, mas afirma que o Facebook vai continuar com suas estratégias no país. Uma delas é a presença em diversas etapas da Feira do Empreendedor, realizada pelo Sebrae. “Nesses eventos, a gente mostra como o empreendedor pode aproveitar a rede social no computador, no tablet e nos celulares, até mesmo nos mais básicos”, diz. “E, se ele não sabe usar, a gente ensina.”

O Facebook também deve ampliar projetos como o Laboratório de Inovação, inaugurado há dois meses na comunidade de Heliópolis, em São Paulo. No local, a empresa instalou 15 computadores e mostra aos empreendedores do bairro como usar a ferramenta para fazer marketing digital. “O feedback deles é incrível. Algumas das dicas são até levadas para os engenheiros da nossa sede, em Melon Park, nos Estados Unidos”, afirma Hruby.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

RELACIONADOS

Deixe um comentário