Quinta-feira, 8 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Ministério da Transparência revoga portaria que barrava indicação política para cargos

O ministro da Transparência, Torquato Jardim, revogou nesta sexta-feira (5) uma portaria que trazia exigências para nomeação dos chefes de unidades da Controladoria Regional da União nos estados e do coordenador-geral da Secretaria Federal de Controle Interno.

A portaria anulada estabelecia que só poderiam concorrer para esses postos ocupantes de cargo efetivo da carreira de finanças e controle; além do mais, o ato definia que a inscrição no processo seletivo só poderia ser feita por pessoas com três anos de efetivo exercício na Pasta.

Desde o início do governo Michel Temer, servidores do ministério criticam mudanças implementadas. A mais recente, dizem, abre as portas para indicações políticas para essas funções.

Fonte: Época.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.