Mostra revela o papel da mídia na conquista das liberdades civis nos EUA

Os meios de comunicação são fundamentais na luta da sociedade contra abusos, censuras e cerceamento aos direitos civis. O que hoje é óbvio, não era há 40 anos. A TV ainda se firmava e a fotografia começava a ganhar uma importância singular nas revistas.

A exposição “For all the worls to see: visual culture and the struggle for civil rights”, em cartaz desde o dia 21 de maio no Centro Internacional de Fotografia de Nova York, tem como foco o papel que a mídia exerceu na mudança da imagem da população negra nos Estados Unidos e na luta pelos direitos civis.

 

Organizada de forma cronológica, a exposição mostra, por exemplo, a marcha sobre Washington, ocorrida em 1963 e retransmitida ao vivo pela Columbia Broadcasting System (CBS). A transmissão, como ressaltou Martin Luter King, foi fundamental nesse processo de mudança nos EUA: “A marcha permitiu pela primeira vez a milhões de brancos ver os negros em uma função séria. O estereótipo do negro sofreu um terrível golpe”.

 

Veja matéria completa no jornal  “El País“.

 

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário