Terça-feira, 6 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Município de Minas Gerais tem 19% de candidatos a vereador sem ensino fundamental

Dos 317 candidatos a vereadores em Divinópolis nas eleições deste ano, 61 declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que não têm o ensino fundamental completo. Esses concorrentes, que não têm o grau de instrução considerado mínimo no mercado de trabalho, representam 19,2% do total.

Outros nove (2,8%) dos que disputam uma das 17 cadeiras na Câmara não têm sequer o ensino fundamental incompleto, mas declararam ao TSE que são capazes de ler e escrever. Dentre os que afirmaram ter o ensino fundamental completo estão 48 candidatos (15,1%).

Em relação aos números do ensino médio, 23 candidatos (7,2%) disseram que começaram, mas não concluíram essa etapa da educação básica. Outros 90 (28,3%) apresentaram o diploma de conclusão da fase.

Entre os que afirmaram ter curso superior incompleto estão 15 (4,7%). Dentre os que tem algum bacharelado estão 71 (22,3%).

Composição atual
Dentre os atuais vereadores do município, quatro (23,5%) são classificados pelo TSE como possuidores do ensino fundamental completo.

A maior parte dos legisladores empossados se declararam portadores do ensino médio completo. Seis (35,2%) afirmaram que concluíram essa fase. Um dos vereadores (5,8%) tem o ensino médio incompleto. Outros cinco (29,4%) dos atuais parlamentares afirmaram ter curso superior completo.

Fonte: “G1”.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.