STF vai acelerar processos de violência contra a mulher

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, é tratada como uma heroína na luta pelos direitos das mulheres. Em fevereiro, a ministra fez jus à fama. Reuniu os presidentes dos 27 Tribunais de Justiça do país e organizou uma “mobilização judiciária” para acelerar os julgamentos dos processos de violência contra a mulher que tramitam em todos os estados. Os mutirões acontecerão entre os dias 9 e 13 de março, no chamado “Mês da Mulher”. Cármen Lúcia encerrará essa “mobilização judiciária” num grande evento em Belo Horizonte. Sua equipe está convidando senadoras, deputadas, ministras e juízas para a celebração.

Fonte: Época

RELACIONADOS

Deixe um comentário