Newsletter (segunda parte)

Se existisse um altar para a tecnologia, não duvidaria em ir até ele para por umas velinhas. Estes cabos, circuitos e chips trouxeram à minha vida maior quantidade de informação, autonomia e liberdade que a gerada pela vontade dos políticos ou pelas pressões populares. Precisamente, neste mês, completo quinze anos da construção do meu primeiro computador, o qual significou uma volta de cento e oitenta graus na minha existência. Tenho a mão um pouco deformada por culpa do mouse, penso a maior parte das vezes como se desenhasse no Dreamweaver e até me dá a tentação de apertar “control+alt+del” para ressetar quando não gosto do que me rodeia.

Pois bem, agora apareceu um novo serviço de envio de notícias por SMS que aumenta minha fé no poder destes dispositivos tecnológicos. Desde a semana passada, soube que está em marcha uma página chamada Granpa (esperemos que seja mais objetiva que a do Granma) que manda notícias aos celulares baseados em Cuba. Basta deixar o número do telefone e selecionar as fontes de que se quer receber as notícias para começar a lê-las no celular.

Desejo sorte aos que colocaram em prática tão boa ideia, que se torna muito necessária nestes tempos que transcorrem. Já que não podemos ter um jornal em papel para contar tudo aquilo que a imprensa oficial oculta, então bem-vindas as notícias na forma de impulsos elétricos; em boa hora estas informações piscam nas telas de nossos celulares.

(Publicado em Geração Y)

RELACIONADOS

Deixe um comentário