Número de empresas ativas no Brasil continua em queda

Do início do ano até agora, os percentuais de variação no número de empresas ativas nos 26 estados e Distrito Federal não chegam aos dois dígitos. Entre 2012 e 2013 apenas o Rio Grande do Sul (9,7%) e o Amapá (8,8%) indicaram percentuais de variação de um dígito.

Neste ano, o estado do Amapá, que detém 0,2% do total de empreendimentos no Brasil (47,4 mil estabelecimentos), também teve a menor variação positiva no número de empresas ativas desde janeiro até agora: 5,3%. Vale ressaltar que em 2013 a variação foi de 8,8% em relação a 2012.

Em contrapartida, o estado de Goiás teve a maior variação desde 1º de janeiro até agora, com 8,9% mais empresas ativas. Mas o estado também amargou desaceleração no número de empresas em atividade, já que a variação foi de 13,9% entre 2012 e 2013. Goiás possui hoje 3,5% das empresas brasileiras, ou seja, 597,6 mil estabelecimentos.

São Paulo, que é o estado com maior número de empreendimentos ativos do País, com 4,6 milhões de estabelecimentos (27,4% do total), teve variação de 7,8% no acumulado do ano. Os paulistas também desaceleraram, já que a variação do ano passado em relação a 2012 foi bem maior: 11,8%.

Os números são do Perfil Empresarial Brasileiro – Empresômetro, ferramenta desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT , que contabilizou, até o dia de hoje, 16,9 milhões de empresas ativas no Brasil. Qualquer pessoa pode ter acesso aos principais dados do Empresômetro através do site da ferramenta , onde o internauta pode baixar estatísticas em documentos PDF. A base de dados do Empresômetro consiste em informações da Receita Federal do Brasil – RFB, secretarias estaduais de fazenda, secretarias municipais de finanças, agências reguladoras, cartórios de registro de títulos e documentos, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Caixa Econômica Federal (CEF), juntas comerciais, portais de transparência e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Fonte: IBPT

RELACIONADOS

Deixe um comentário