Nova edição do Prêmio Innovare é anunciada no STJ

Inclusão da categoria ‘Justiça e Cidadania’ é a principal novidade deste ano

Em solenidade na manhã desta quinta-feira, foi anunciado o XII Prêmio Innovare, projeto que premia iniciativas que facilitam o acesso ao Judiciário. A solenidade ocorreu no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A principal novidade dessa edição do prêmio é a inclusão de uma nova categoria – “Justiça e Cidadania” – entre os concorrentes. Nesta modalidade, o tema será livre e será considerada práticas desenvolvidas por qualquer pessoa e que contribuam com a cidadania por meio da educação, saúde, esporte e cultura, entre outras áreas. O tema deste ano do Innovare é a “Redução das ações judiciais do Estado: menos processo, mais agilidade”.

As inscrições para as sete categorias do prêmio vão de 5 de março a 14 de maio. As categorias em disputa são: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia, Justiça e Cidadania e o Prêmio Especial. O presidente do Conselho Superior do Instituto Innovare, o ex-ministro do STF Carlos Ayres Britto, enalteceu o prêmio como um estímulo a práticas positivas.

— É preciso celeridade na Justiça, garantir acessibilidade fácil às instâncias judiciais. Para isso, é preciso pensar fora da caixa. O Innovare é uma iniciativa que deu certo, que vingou, que emplacou — disse Britto.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, também participou do evento

— O prêmio é um grande ganho para o país. Uma grande ideia de aperfeiçoamento do sistema jurisdicional e que envolve ativamente advogados, magistrados, o Ministério Público. Todos discutindo práticas para melhorar e dotar o Brasil de grandes ideias — disse Cardozo.

Fonte: O Globo

RELACIONADOS

Deixe um comentário