OCDE: Brasil tem a maior carga tributária da AL

Um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra que o Brasil é o país da América Latina que tem a maior carga tributária: 35,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em valores de 2013. A taxa é maior que a média dos 20 países América Latina e do Caribe (21,3%) e também supera a dos membros da OCDE (34,1%).

A segunda nação latino-americana com maior carga é a Argentina, onde os impostos correspondem a 31,2% de tudo o que é produzido no país. Do outro lado do ranking de tributos estão a República Dominicana e a Guatemala, países nos quais a carga tributária equivale, respectivamente a 14% e a 13% do PIB.

Entre os países membros da OCDE, a maior carga tributária é a dinamarquesa (48,6%) e a menor, a do México (19,7%).

Apesar de ter a carga mais alta, o Brasil não foi o país com maior aumento de impostos em 2013, posição que coube à Bolívia, com incremento de 2,1 pontos percentuais. Naquele ano, a maior redução dos tributos aconteceu em Barbados (-4,2 pontos percentuais).

O relatório abrange o período de 1990 a 2013. Nestes anos, a maior elevação de carga tributária foi observada na Bolívia (20,6 pontos percentuais), enquanto na Venezuela houve recuo de 4,2 pontos percentuais.

Fonte: O Globo

RELACIONADOS

Deixe um comentário