ONG que recebe verba do Ministério do Turismo paga passagens aéreas para diretor da pasta

 O jornal “O Globo” publicou matéria sobre o suposto favorecimento de entidades com o Ministério do Turismo. O texto informa que o Instituto Marca Brasil, uma das ONGs que mais recebem dinheiro do Ministério do Turismo,  pagou passagens aéreas para o diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento do Ministério,  Ricardo Moesch.

Desde 2008, a organização não governamental firmou seis contratos da ordem de R$ 10,5 milhões para qualificar gestores de hotéis e unificar o programa “Viaja Mais Melhor Idade”, entre outros projetos do ministério e da Embratur.

O Tribunal de Contas da União (TCU) já baixou norma que proíbe servidores públicos de viajar às custas de empresas ou entidades que recebem recursos públicos.

Moesch informou que se a viagem foi custeada com recursos de um convênio terá que devolver o dinheiro aos cofres públicos, mas se a entidade bancou as despesas sem recursos públicos não teria problema algum.

Fonte: O Globo

Leia mais sobre o papel do Estado no artigo de Marcus Vinicius Motta: “O Leviatã desgovernado”

RELACIONADOS

Deixe um comentário