Os cofres públicos pagarão R$ 30 mil para abastecer o CNJ com frigobares

O Conselho Nacional de Justiça e a Secretaria-Geral do Exército estimam gastar pouco mais de R$ 30 mil na aquisição de 30 frigobares. A justificativa, no edital, é garantir “comodidade no preparo de lanches e a conservação de alimentos de autoridades, servidores e colaboradores”.

Sinaliza, ainda, que a aquisição dos frigobares leva em conta a necessidade dos funcionários em manter uma alimentação saudável para “melhor desempenho das atividades”. E segue: “Nesse sentido, também pode-se elencar maior motivação e satisfação pessoal, favorecendo a qualidade de vida no trabalho”.

Fonte: “Época”.

RELACIONADOS

Deixe um comentário