Para jornal espanhol, Dilma quebra tabus ao aproximar-se dos social-democratas

O jornal “El País” elogia a reafirmação, por parte da presidente Dilma, de um estilo próprio, diferente “nos gestos e na forma” de seu antecessor. “Suas últimas ações demonstram um comportamento diferente em relação ao maior partido da oposição, o PSDB do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Analistas políticos já qualificam esse feito como ruptura de um tabu”, diz o jornal.

Como exemplos desta tentativa da presidente de lançar “novas pontes de diálogo e cooperação” o jornal menciona a elogiosa carta de felicitações enviada nas comemorações dos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique, e a recente mensagem de pêsames pelo falecimento do ex-ministro Paulo Renato de Souza.

A título de contraste, o “El País” lembra que o ex-presidente Lula, durante sua gestão, chegou a afirmar que “alguns partidos da oposição deveriam ser exterminados”.

Leia a matéria na íntegra, em espanhol.

Leia mais aqui no site do Instituto Millenium no artigo de Paulo Guedes, “A vanguarda do atraso – II”, em que o autor afirma: “Nunca houve uma agenda positiva de reformas. Foi sempre uma guerra de extermínio entre espécies semelhantes (tucanos e petistas) pelo domínio de um nicho ecológico: a hegemonia social-democrata”.

 

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário